alves

Em duelo decidido no tie-breik, Minas derrota Praia Clube e é campeão da Superliga Feminina

A final da Superliga Feminina de Vôlei não poderia ser mais emocionante. Após cinco sets e mais de 2h30 de jogo, o Minas ratificou seu favoritismo, ao vencer o...

Por Bruno Rafael em 06/04/2021 às 15:28:24

A final da Superliga Feminina de Vôlei não poderia ser mais emocionante. Após cinco sets e mais de 2h30 de jogo, o Minas ratificou seu favoritismo, ao vencer o terceiro duelo diante de Praia Clube, por 3 sets a 2, com parciais de 25/17, 13/25, 12/25, 25/18 e 15/11. Após uma vitória por 3 sets a 1 para cada lado, a conquista premia a equipe mais regular nos quase cinco meses de competição. O Minas chegou para a fase final com apenas uma derrota em 22 jogos e só com vitórias diante do adversário da decisão. Foram dois triunfos na fase de classificação e mais um na final da Copa Brasil e no Sul-Americano. Mas o terceiro jogo na bolha formada pela Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) no CT de Saquarema superou todas as expectativas. Em um primeiro set bastante disputado, Minas foi decisivo nos detalhes para fechar em 25 a 17.

As duas parciais seguintes deram a impressão de que o título havia sido comemorado antes da hora, tal a facilidade para o Praia fechar em 25 a 13 e 25 a 12. Mas nessas horas é que se nota a força de uma equipe, que teve como destaque a norte-americana Megan Easy. Esta é a quarta vez que o Minas conquista o título da Superliga, pois levantou o troféu nas temporadas 1992/1993 (quando a competição ainda se chamava Liga Nacional), 2001/02 e em 2018/2019. Sob o comando do técnico italiano Nicola Negro, o time de Belo Horizonte perdeu Natália e Gabi para times europeus, mas se reforçou Pri Daroit e Thaísa.

*Com informações do Estadão Conteúdo

Fonte: JP

Comunicar erro
mario

Comentários

jcmercado